Que Tipo de Impressão de Etiquetas Usar: Transferência Térmica ou Térmica Direta?

Publicado por: José Sampaio

Post Date 5/set/2012 15:00:00

No mundo da impressão de etiquetas,  sejam de códigos de barras, de talões ou em materiais especiais, os requisitos particulares de cada negócio ditam as escolhas finais. Uma das dúvidas que nos é posta muitas vezes tem a ver com a utilização das técnicas de Transferência Térmica ou Térmica Directa.Etiquetas Transferência Térmica

Vejamos algumas informações que deve ter em consideração.

Transferência Térmica

A impressão de etiquetas ou códigos de barras por transferência térmica (TT), funciona pela combinação de uma impressora de cabeça térmica, um ribbon revestido e um suporte de impressão. A tinta do ribbon é transferida para a etiqueta durante a passagem sob a cabeça de impressão.

Vantagens:

  • Impressoras de etiquetas ou código de barras perfeitamente adaptadas aos ambientes industriais,
  • Capacidade para imprimir sobre numerosos suportes de impressão: papéis, sintéticos ou têxteis,
  • Baixa manutenção da impressora graças à robustez dos materiais e ao «backcoating» do ribbon de TT que protege por mais tempo a cabeça de impressão,
  • Excelente qualidade de impressão (alta resolução, delicadeza e nitidez dos caracteres) mesmo em alta velocidade,
  • Em função do ribbon escolhido, a TT oferece excelentes níveis de resistência: abrasão, luz, temperatura, solventes.

Desvantagens:

  • 2 consumíveis a gerir, o suporte de impressão e a tinta,
  • Impossível imprimir mais de uma cor ao mesmo tempo,
  • As informações impressas ficam legíveis no ribbon residual o que pode implicar problemas de confidencialidade.

Conclusão:

A impressão por transferência térmica, é uma tecnologia particularmente adequada para a impressão de etiquetas em meio industrial. A TT permite responder aos condicionamentos de aplicações muito diferentes: desde a solução mais barata com uma curta duração de vida, até à solução mais durável e altamente resistente. Quando o negócio tem nos requisitos de impressão de etiquetas de código de barras a qualidade e a fiabilidade, a Transferência Térmica é a solução.

Impressão Térmica Directa

O termo «térmica direta» designa uma técnica de impressão que não utiliza tinta como consumível. É o suporte de impressão que, tratado quimicamente, escurece ao passar sob os pontos de aquecimento da cabeça de impressão da impressora térmica.

Vantagens:

  • As impressoras térmicas são bem adaptadas aos ambientes industriais,
  • Um único consumível para gerir: a etiqueta térmica,
  • Material robusto, pouca necessidade de manutenção,
  • Boa qualidade e nitidez de impressão: adequada para a impressão de códigos de barras oiu talões,
  • Velocidade de impressão adequada aos condicionamentos industriais.

Desvantagens:

  • Reduzida durabilidade das etiquetas devido à sensibilidade ao calor, aos raios UV, às fricções e aos solventes,
  • Praticamente sem outra cor que o negro,
  • Escolha do tipo de suporte limitada aos papéis,
  • Etiqueta em contacto directo com a cabeça de impressão, o que implica uma substituição frequente.

Conclusão:
A impressão térmica directa, e uma boa solução para a impressão de informações variáveis com curta duração de vida (de alguns dias a algumas semanas) como talões (etiquetas de caixa) ou etiquetas de malas de viagem, por exemplo. Não é conveniente para a impressão de códigos de barras que exijam uma longa duração de vida.

Em Resumo

Como começamos por dizer cada caso é um caso. São as necessidades especificas do negócio que ditam a melhor escolha a fazer. 

New Call-to-action

Autor: José Sampaio

Director Geral da Codimarc. Há mais de 18 anos a aprender, inovar e partilhar formas de Rotular, Etiquetar e Codificar os mais variados produtos na indústria Portuguesa.

Siga-me no:

Tópicos: Impressoras Etiquetas

Comentários

Receba artigos no email

Orçamentos de Etiquetas na Hora

Posts Recentes