Rótulos para Vinho (ainda) Sem Informação Nutricional Porquê? [Infográfico]

Publicado por: José Sampaio

Post Date 24/ago/2017 12:21:24

rotulos-vinho.jpg

rotulagem de produtos alimentares obriga desde Dezembro de 2016 à inclusão da informação nutricional dos alimentos. No entanto, não encontramos esses dados nos rótulos para vinhos e outras bebidas alcoólicas. Porque motivo isso não é obrigatório na rotulagem destes produtos e, assim sendo, como saber a quantidade de calorias nos diferentes tipos de vinho.

Uma das razões pela qual a informação nutricional não consta no rótulo do vinho, é porque está estipulado que o álcool não faz parte da dieta quotidiana.

As calorias variam de vinho para vinho, dependendo de um fator chave: Teor de Álcool por Volume (% álc./ vol). Uma vez que o álcool é a principal fonte de calorias presente no vinho, não é possível que haja um número específico. Basicamente, uvas mais doces fermentam e originam vinho com maior teor alcoólico.

O álcool tem aproximadamente 2 vezes mais calorias que o açúcar e por isso tem mais influência nas calorias do vinho do que o açúcar. Em alguns casos, um vinho doce com baixo teor alcoólico apresenta menos calorias do que um vinho seco com um grau de álcool elevado.

vinhos_nutricional.png

Os Hidratos de Carbono

Os hidratos de carbono no vinho são provenientes do álcool e do açúcar. O vinho tem cerca de 9 – 19 gramas de hidratos por porção. Esta estimativa não inclui vinhos licorosos, que apresentam valores bastante mais elevados.

Além dos hidratos e calorias, o vinho apresenta nutrientes provenientes da pele da uva. O vinho tinto entra nesta categoria e geralmente contém mais minerais e antioxidantes que a maioria dos vinhos brancos.

Outros nutrientes presentes no vinho:
Fluoreto
40% – Previne Cáries dentárias, aquando de uma utilização local.
Manganês
10% – É um antioxidante que beneficia o cérebro, o fígado e o sistema nervoso.
Potássio
5% – Ajuda a manter o ritmo cardíaco.
Ferro
4% – Dá oxigénio ao nosso corpo.
Vitamina B6
4% – Ajuda com os recursos de energia no nosso corpo.
Vitamina B2 ou Riboflavina
3% — É um antioxidante que ajuda a entrega de oxigénio no nosso corpo.
Fósforo
3% – Fortalece os ossos, regula as hormonas, e ajuda no processo digestivo.
Colina
2% – Ajuda no funcionamento do fígado e da memória.

Rótulos para Vinhos Deviam ter Informação Nutricional?

A tendência é para que isso venha a acontecer a curto prazo. Já no início de 2013, o ministro da saúde do Reino Unido anunciou que estaria em discussão a possível inclusão de uma tabela calórica nos rótulos de bebidas alcoólicas.

O objetivo é educar os consumidores sobre o que estão a beber, e dessa forma contribuir para a redução do alcoolismo.

Fatores alergénicos como os sulfitos, devem ser mencionados com mais frequência na maioria dos rótulos de vinho, em todo o mundo.

Claro que, como diz o Observador, o vinho deve ser bom, mas os rótulos podem ser ainda melhores. Pode ver alguns excelentes exemplos no artigo. No seu caso, pode começar já por falar com um especialista em rótulos ou faça já o seu próprio orçamento.  

Etiquetas Online

Autor: José Sampaio

Director Geral da Codimarc. Há mais de 18 anos a aprender, inovar e partilhar formas de Rotular, Etiquetar e Codificar os mais variados produtos na indústria Portuguesa.

Siga-me no:

Comentários

Receba artigos no email

Orçamentos de Etiquetas na Hora

Posts Recentes